quarta-feira, 20 de dezembro de 2017

PUSHKAR, o deserto e o templo de Brahma





PUSHKAR

Pushkar é uma cidade sagrada para os hindus e para os  sikhis. Há quem diga que é a mais sagrada das cidades indianas. Nosso guia que é hindu diz que é Varanasi onde passa o Ganges, que não tivemos oportunidade de conhecer nesta excursão.




Pushkar é a cidade situada no distrito de Ajmer no estado de Rajastão. Há muitos templos, a maioria do século XVIII e posteriores, mas é por causa que muitos deles foram reconstruídos após serem destruídos quando da conquista muçulmana da região.
O mais famoso é o templo dedicado a Brahma construído no século XIV. A cidade é considerada tão sagrada que o consumo de carne e ovos é visto como uma espécie de 'agressão', e é proibido.



Perguntei ao guia por que havia tão poucos templos dedicados a Brahma na Índia. Ele me disse;'Brahma é o deus criador de tudo, não precisa de templo'.



Soube também que aqui há várias comunidades hippies, desde a época áurea desse movimento na década de 60. São famílias remanescentes deles, que vieram principalmente dos Estados Unidos.
Perguntei: e eles fazem o que? Vivem meditando, fumando maconha, tocando suas músicas, orando, recitando mantras, etc... E quem sustenta eles? O pessoal manda dinheiro, creio que familiares...






 Belíssimos detalhes como bordados em mármore






Na representação dos elefantes, quando estão com a tromba levantada significa boas-vindas, quando abaixadas, sorte.




Imensas portas que permitem a passagem dos elefantes, quando não, a porta na porta para as pessoas.






Pote em prata maciça para buscar água fresca para o marajá. Há dois destes.







Coleção de lanças escudos e flechas da guarda do Marajá 









Puskar fica no limite do deserto. A areia que pisamos nessa 'feira de camelos' já é do deserto






A famosa feira de animais havia acontecido no dia anterior







 Observem a areia do deserto





Grande amazona de camelos














Um passeio a pé pelo povoado com suas lojas e pessoas típicas da região. A Índia é um festival de cores e tradições.





O novo e o antigo









Um pequeno 'santuário' dedicado a Ganesha










Uma senhora com seu adorno e um belo sari





Na feira de animais. Notem o belo colorido que torna mais atraente o dia a dia das pessoas





A Índia realmente é um lugar incrível com sua tradição multi milenar e seu panteão de deuses quase infinito.









Nenhum comentário:

Postar um comentário