sábado, 17 de novembro de 2012

O NATAL NÃO MUDARÁ O MUNDO

 
 
 
O NATAL NÃO MUDARÁ O MUNDO

Editorial do Jornal Igreja Nova deDEZEMBRO - 1995



Na verdade o Natal, de tantas lembranças agradáveis, fica guardado na nossa memória e se vai ano após ano, pertencendo a um passado cada vez mais distante.

Como numa tentativa de um náufrago desesperado, nos agarramos às lembranças tentando parar o inexorável tempo. Este continua, passo a passo, arrastando consigo os melhores e os piores de nossos dias. Neste período do ano, as comemorações são grandes, belas e banais....o comércio agradece. Os pobres continuarão mais pobres e mais excluídos, os ricos engordarão suas polpudas contas bancárias, cada vez mais internacionais, às custas do natal.

Os filhos e netos farão um sacrifício e ceiarão com os velhos da família, apressadamente para não perder as festas. E o mundo acordará como ontem, porém com uma ressaca a mais.

Mas uma pequena centelha teima em acender para tocar fogo neste mundo. Uma faísca de um nascimento na periferia, de uma criança pobre, que não é convidada para esta festa. Sua mãe não encontra lugar para dar à luz, e seu pai procura emprego, é migrante.

Assim como não foram convidados para a festa, para seu nascimento ele chama os pobres, os sem-nada, os guardadores dos bens alheios.

Ele fará uma estrela cintilar, e seu brilho irá lentamente se infiltrando nas sombras, até que elas tenham desaparecido completamente da face da Terra. Por causa dele, tão pequeno ainda, muitos serão perseguidos, muitos serão injuriados e conhecerão tribulações, mas por causa dele, também, e exclusivamente por causa dele, todos conhecerão a glória eterna. Está na hora de escolhermos a festa: de um lado, as comemorações descomprometidas com a vida, por outro lado, a festa do nascimento do Senhor da Vida. Da primeira você sai até mais eufórico por alguns momentos, da segunda você sai pleno de vida, com o coração repleto de esperança e fé, na certeza que este mundo não será mais o mesmo, depois deste menino.

E parodiando o pensamento famoso, dirá com seus irmãos: "o Natal não mudará o mundo. Os homens é que podem mudar o mundo. O Natal apenas mudará os homens..."

Nenhum comentário:

Postar um comentário